Quais os maiores cantores e canções de jazz da história?

Quais os maiores cantores e canções de jazz da história?

As maiores influências do jazz fazem história até dias atuais. As canções de jazz que embalam sentimentos.

Muitas pessoas se perguntam: o que é jazz? Um ritmo encantador, suave e de sonoridade impecável. Quem ainda não conhece os maiores cantores de jazz da história, selecionamos uma playlist com as maiores canções de jazz e as músicas que embalaram romances e histórias de vida.

O jazz, inclusive, ajudou a música brasileira a ultrapassar fronteiras: Ella Fitzgerald e Frank Sinatra interpretaram músicas de Tom Jobim. Atualmente, o ritmo tem novas vertentes, como o fusion, que mistura do jazz e rock, por exemplo.

Mas, para se aproximar do gênero, é preciso conhecer os músicos clássicos. Sob os nossos ouvidos diariamente ouve-se ao fundo, quase despercebida uma trilha sonora de jazz, ao ecoar nos detalhes da sua letra e harmonização entre romance, sentimentos e desejos.

Conheça segundo as listas publicadas por sites, jornais, revistas e suplementos culturais especializados em música em todo o mundo, os melhores álbuns de jazz para ouvir:

  1. Kind of Blue — Miles Davis
  2. A Love Supreme — John Coltrane
  3. Time Out — The Dave Brubeck Quartet
  4. Head Hunters — Herbie Hancock
  5. Getz/Gilberto — Antonio Carlos Jobim, João Gilberto e Stan Getz
  6. Saxophone Colossus — Sonny Rollins Quartet
  7. Concert By the Sea — Erroll Garner
  8. Bird and Diz — Charlie Parker / Dizzy Gillespie
  9. The Shape of Jazz to Come — Ornette Coleman
  10. The Black Saint And The Sinner Lady — Charles Mingus

Nos casos de John Coltrane e Miles Davis que aparecem em todas as listas pesquisadas com mais de um álbum listados, priorizamos aquele que teve o maior número de citações. Além de Coltrane e Davis, a seleção traz uma galeria de lendas como The Dave Brubeck Quartet, Herbie Hancock, Antonio Carlos Jobim, João Gilberto, Stan Getz, Sonny Rollins Quartet, Erroll Garner, Charlie Parker, Dizzy Gillespie, Ornette Coleman e Charles Mingus.

 

Especial Snoopy

No caso dos especiais em animação do Snoopy, as cenas sempre contavam com jazz da melhor qualidade e cantores de jazz como pano de fundo para os diálogos afiadíssimos que saiam da cabeça de Charles M. Schulz.

Em episódios especiais que tiveram o toque de uma dos destaques do jazz, está Vince Guaraldi: “O Natal de Charlie Brown” e “Um menino chamado Charlie Brown”, e repensados em álbuns individuais durante sua carreira. Suas composições foram usadas em outros especiais para a TV.

Até hoje, eternizadas pela animação durante décadas, o Charlie Brown sabia tudo sobre rejeição, apatia e derrota. Sabia tudo sobre beleza, amor, lealdade e amizade. E, esperto como ele só, sabia também o que realmente significava um bom jazz.

Cantores do jazz

Os cantores que fizeram o jazz durante o século XX e suas influências musicais são reconhecidas por outros segmentos. Estes nomes são considerados os descobridores do Jazz, após a segunda guerra mundial e se tornaram os maiores cantores de jazz da história da música.

Miles Davis

Considerado um dos músicos mais influentes do século. Ele participou ativamente do surgimento do bebop, do cool jazz, do jazz modal e do jazz fusion. Davis era trompetista e atuou por quase 60 anos.

Louis Armstrong

Ele é a “personificação do jazz“. E não poderia ser diferente, já que além de ser dono de uma inconfundível voz, foi cantor, compositor, trompetista, cornetista, saxofonista, escritor, produtor musical, dramaturgo, artista plástico, ator, tenor, maestro e ativista político.

Ella Fitzgerald

Uma das mais belas vozes do jazz. A pureza de sua tonalidade, sua dicção e entonação eram impecáveis. Não foi à toa que ganhou 14 prêmios Grammy em seus 59 anos de carreira. A cantora é considerada a primeira-dama da música.

Não há, em todo mundo, compositores e intérpretes dos nossos dias que não tenham sido influenciados pelo jazz, essa grande forma de arte criada pelos negros em New Orleans, na Bourbon Street.

É o gosto do improviso que nos deixa, amantes do jazz ao ouvir as maiores canções de jazz da história, sempre ligados nessa que é a verdadeira música clássica deste século. As canções de jazz ainda ecoam pela sinfonia de nossos sentimentos e trilha sonora para muita gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *